A Estrutura de Gênesis 38 – Parte 4

(Continuação da postagem anterior)

Parte C (vv 12-23)

A- Judá subiu para Timna com seu amigo Hira, o Adulamita (12)

B- Tamar tira as roupas de viúva e coloca um véu (14)

C- Tamar senta-se (14)

D- Ela não foi dada a Selá (14)

E- Encontro entre Judá e Tamar (15-18)

D- ‘Ela fica grávida de Judá (18)

C- ‘Tamar levanta-se (19)

B- ‘Tamar tira o véu e coloca as roupas de viúva (19)

A- ‘Judá envia pela mão de seu amigo, o Adultamita (20-23)

O foco desta seção está claramente em Tamar. Ela toma a iniciativa para que a linhagem continue. No centro da seção está o encontro entre Judá e Tamar, em particular o diálogo que eles têm em 16-18. Este é o ponto de virada de toda a história. É interessante como o diálogo retoma o tema de fazer algo para ganhar. Tamar não apenas deixa Judá dormir com ela. Ela quer receber um pagamento por seus serviços. Judá que recebeu o pagamento de José no capítulo 37 agora ele mesmo tem que fazer um pagamento. Como ele é um enganador, é um homem que não cumpre sua palavra, Tamar insiste em uma promessa até receber um cabrito jovem.

A seção também dá muita atenção à mudança de identidade de Tamar que torna o engano possível e bem-sucedido (note que, desde o início, o engano na Bíblia está intimamente relacionado ao disfarce e à mudança de identidade). Na seção anterior, Judá mudou de identidade, tornando-se como o filho Onã. Agora é a vez de Tamar. A viúva se torna uma prostituta. A ironia é que, como uma prostituta, ela pode obter de Judá o que ela não consegue obter como viúva e nora, a saber, uma maneira de continuar a linhagem. Judá está mais disposto a fornecer a sua semente para uma prostituta do que para seu próprio parente. A razão é simplesmente o egoísmo. Ele egoisticamente quer dormir com a prostituta, assim como ele se recusou egoisticamente a dar Selá a Tamar.

É interessante que Judá promete a Tamar uma cabra jovem como pagamento. A única vez que este animal apareceu anteriormente estava em Gen 27, onde Jacó usou isso para enganar seu pai. Agora, novamente ocorre no contexto do engano. Em ambos os casos, uma pessoa “vai” para outra e uma das duas pensa que a outra é outra pessoa do que realmente são (Isaque acha que Jacó é Esaú e Judá acha que Tamar é uma prostituta). A menção de uma cabra também lembra o Gen 37, onde os irmãos mergulharam o casaco de José no sangue de uma cabra para enganar seu pai. Assim, lembramos que a história da família de Jacó é uma história de mentiras. Jacó engana seu pai (Gen 27) e Labão (Gen 31) e ele mesmo é enganado tanto por Labão (Gênesis 29) quanto por seus filhos (Gen 37). Judá, que tomou parte no engano de Jacó agora é enganado (Gen 38). Mais tarde, José também enganará seus irmãos para testá-los (observe como o leitor lembra esse tema de engano através da palavra-chave “reconhecer”). É somente quando José interrompe seu engano é que a família é reunida. Assim, a família de Jacó é separada pelo engano e só se reuniu quando todo o engano pára e todos estão dispostos a admitir sua verdadeira identidade.

Uma palavra-chave nesta seção parece ser o termo “dar”. Isso conecta a seção ao anterior onde Onã não queria dar a sua semente para sua irmã porque sabia que a prole não seria dele. Além disso, Judá se recusou a dar Selá a Tamar (embora o termo “dar” não seja explicitamente mencionado). A recusa de dar poem em perigo a linhagem de Judá. Agora, Tamar através do engano (Judá não sabia que ela era sua nora – v 16!) Trás Judá para uma situação em que ele tem que (e, ironicamente, quer) dar. Obviamente, Judá dará uma cabra jovem. Mais importante ainda, no entanto, ele dará a sua semente a Tamar para que a linhagem continue (observe a pergunta um tanto ambígua de Tamar: o que você vai me dar, quando você vier em mim?). Este é o melhor proveito não apenas para Tamar e Judá, porque é através da semente que a salvação virá (Gênesis 3:15). E é de fato através da linhagem de Judá que o salvador eventualmente virá!

 

Traduzido de: https://fascinatedbytheword.wordpress.com/2013/10/26/the-structure-of-genesis-38-part-4/

Anúncios

One thought on “A Estrutura de Gênesis 38 – Parte 4

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s